Agenda Imagens do Povo

19 de jan de 2010

Francisco e a Coopliberdade


O autor

Francisco César tem 30 anos e mora no Morro da caixa D’água, na Penha (RJ). Em 2009, Francisco dividiu seu tempo entre a faculdade de Letras na UERJ, o trabalho na Agência Imagens do Povo e o curso de fotografia da Escola de Fotógrafos Populares da Maré. Trabalhando na Agência Imagens do Povo desde 2007, Chico teve seu primeiro contato com a fotografia há 6 anos atrás, quando começou a colaborar no Observatório de favelas, instituição que realiza a EFP. Desde então, começou a se interessar pela arte e pelas técnicas fotográficas, até que neste ano ingressou na turma de alunos que estão se formando na escola.
Chico também faz parte do Coletivo Multimídia Favela em Foco que é formado por alunos da EFP e que tem como principal objetivo revelar a favela sob o ponto de vista de seus moradores.

O projeto

O nome do meu projeto é Coopliberdade – Mara. A princípio, seria apenas sobre a Cooperativa Eu quero liberdade, que trabalha com o reaproveitamento de óleo de cozinha e é formada, principalmente, por egressos do sistema penal. Porém, quando comecei minha pesquisa, vi que o funcionamento da cooperativa estava prejudicado pela falta de financiamento do projeto. Faltava verba para que a cooperativa pudesse funcionar normalmente e já não havia mais quase nenhum colaborador que trabalhasse efetivamente no local. Minha idéia para o projeto era abordar dois personagens principais, e eu queria que fossem um homem e uma mulher. Nestas minhas idas à cooperativa conheci o Gilmar, um egresso do sistema penal que então me apresentou sua mãe, a Dona Marília. Mara – como gosta de ser chamada – é coletora na cooperativa e também ajuda na secretaria. Decidi então que meu projeto seria apresentado a partir da vida da Mara, e a escolhi como personagem principal por ser mulher, mãe, trabalhadora e estar envolvida num trabalho que é pouco valorizado na sociedade. Nesta minha documentação estou mostrando uma vida comum, de uma pessoa comum, que se dedica a algo que deveria ser mais respeitado e que sofre bastante preconceito com isso. Acredito que poderia ajudar muito mais se pudesse mostrar a cooperativa em pleno funcionamento, mas, quem sabe, só de expor esse tema eu possa estar contribuindo de alguma forma.


Veja a galeria de fotos do projeto Coopliberdade.






0 comentários:

Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More