Agenda Imagens do Povo

25 de set de 2008

5º Encontro de Fotógrafos / Imagens do Povo

No dia 27 de setembro foi realizado o 5° Encontro de Fotógrafos do projeto Imagens do Povo. Os Encontros, promovidos por fotógrafos ex-alunos da Escola de Fotógrafos Populares, são espaços abertos à discussão de temas ligados à produção de imagens, debates sobre assuntos como o direito de comunicar e a representação de espaços populares na mídia, apresentação de trabalhos, documentações realizadas, ensaios fotográficos e intercâmbios de idéias e trajetórias, tendo a fotografia como ponto de contato.
Na 5ª Edição do Encontro, que acontece aos sábados na sede do Observatório de Favelas (na Maré), fotógrafos da Agência Imagens do Povo apresentaram imagens de dois trabalhos em que estão envolvidos: Naldinho Lourenço e Ratão Diniz relataram suas experiências durante a cobertura fotográfica do segundo circuito de exibição do projeto audiovisual Revelando os Brasis pelo interior do país. Já os educadores e fotógrafos Davi Marcos, Fábio Caffé e Francisco Valdean
compartilharam os resultados da oficina FOTOOLHARES, realizada em unidades do DEGASE (Departamento Geral de Ações Socio Educativas) em parceria com a ONG Ação Comunitária do Brasil.
Local/horário: Observatório de Favelas, 9 às 13hs
Endereço: Rua Teixeira Ribeiro, 535 (Referência: Passarela 9 na Av. Brasil, sentido zona oeste)
Contatos: contato@imagensdopovo.org.br (21) 3888-3220 / 3104-4057 ramal 207

Foto: Aluno da oficina FOTOOLHARES

Foto: Aluna da oficina FOTOOLHARES




Foto: Ratão Diniz / Imagens do Povo

Montagem da estrutura do telão, que tem sua medida de cinco metros de altura, com cinco de largurado do projeto Revelando os Brasis.
Crédito: Ratão Diniz/Imagens do Povo

Foto: Apoena Medeiros / VIX

Personagens do filme ...E Agora Deixa-Vim. O vídeo conta a historia do cavalo Deixa-Vim, considerado um grande corredor na pequena cidade mineira Montalvânia.




10 de set de 2008

Crianças da Maré contam suas vidas em Vídeo Carta

Crianças da Maré gravam cenas do seu cotidiano para o 'Video Carta'


Contar o seu cotidiano, usando a linguagem audio-visual, para crianças de terras distantes. Esta é foi a forma como crianças de uma tribo indígena da Amazônia contaram o seu modo de vida para outras crianças do resto do mundo. Batizada de Vídeo Carta, essa idéia chegou a crianças da comunidade Nova Holanda, na região de favelas da Maré (Rio de Janeiro), que aceitaram o desafio de narrar as suas rotinas de vida em vídeo, com objetivo de enviar uma resposta às crianças da amazônia. Orientadas por estudantes da Universidade de Nova Iorque (NYU), crianças do curso de pinhole do projeto Imagens do Povo, passaram cerca de um mês gravando cenas do seu universo de vida que serão editadas e enviadas para os novos amigos indígenas. A iniciativa é parte de uma parceria entre o curso de Mídia e Direitos Humanos da NYU e o Observatório de Favelas, através do projeto Imagens do Povo. O fotógrafo Stefano Figalo registrou um dia de gravações na Maré; vejam algumas das imagens abaixo.






7 de jul de 2008

4º Encontro de Fotógrafos: Exibição de 'Abaixando a máquina' e debate


Debate após o filme 'Abaixando a máquina'. foto: dhani borges


No último encontro de fotógrafos do Imagens do Povo, dia 05 de julho, foi exibido o documentário “Abaixando a máquina - ética e dor no fotojornalismo”, de Guillermo Planel e Renato de Paula, seguido de debate com os realizadores, além da participação dos fotógrafos Severino Silva (O Dia), Luis Alvarenga (Extra), Marcos Tristão (O Globo) e muitos outros que estiveram presentes e enriqueceram a discussão.


Guillermo Planel e Renato de Paula filmando o encontro. foto: dhani borges


Até o momento foram realizados quatro eventos, sempre a cada 15 dias. Os encontros tem sido um espaço para a realização de reflexões sobre o papel da fotografia como veículo de informação/formação, o potencial da fotografia no fortalecimento dos Direitos Humanos e outros temas. Nos encontros também tem sido exibidos trabalhos individuais de fotógrafos e diversas outras atividades envolvendo a fotografia. Iniciativa dos fotógrafos participantes do projeto Imagens do Povo, com o apoio do Observatório de Favelas, os encontros são abertos aos amigos que querem participar.


Severino Silva participando do debate. foto: dhani borges


Se quiser participar entre em contato conosco:
contato@imagensdopovo.org.br
3888-3220 / 3104-4057 ramal 207

O próximo encontro será no dia 19. A programação será divulgada na agenda localizada no rodapé desse blog.

Esperamos a sua presença!



Depoimento do fotógrafo do Imagens do Povo Bira Carvalho, gravado por Guillermo Planel.
foto: dhani borges

19 de jun de 2008

Imagens do Povo no "Debates ARFOC: Fotojornalismo"

Dante Gastaldoni e Kita Pedroza (foto Dhani Borges)

No primeiro dia do evento "Debates ARFOC: Fotojornalismo", promovido pela ARFOC em parceria com a Oi Futuro de 17 a 20 de junho, foi realizada a palestra 'Fotojornalismo: a marca na história'. Participaram do debate representantes da Agência-Escola Imagens do Povo além de Aguinaldo Ramos, vice-presidente da Arfoc-Rio e pós-graduado em “Fotografia como instrumento de pesquisa nas Ciências Sociais” e a Ana Maria Mauad, doutora em História Social (UFF) com pós-doutorado no Museu Paulista da USP. Coube a Dante Gastaldoni, diretor da Arfoc-Rio e mestre em Comunicação, Imagem e Informação (UFF), Kita Pedroza, coordenadora da Agência-Escola, mestre em Sociologia e Antropologia (UFRJ), e aos fotógrafos da Agência Fábio Caffé e o Adriano Rodrigues contar um pouco da história e trajetória do Imagens do Povo. O público compareceu em peso. O evento contou, também, com a presença de grandes fotógrafos como o Milton Guran, entre outros. A experiência foi muito proveitosa e foram diversas as idéias compartilhadas entre palestrantes e público.

Veja mais informações no site da ARFOC.

http://www.arfoc.org.br/lerexposicoes.asp?id=1&tip=destaque

Adriano Rodrigues com a palavra (foto dhani borges)

Adriano mostrou o seu carisma e arrancou sorrisos do publico (foto dhani borges)

18 de jun de 2008

3º Encontro de Fotógrafos do Imagens do Povo

3º Encontro de Fotógrafos do Imagens do Povo:

Encontro com o professor de Mídia e Direitos Humanos - Peter Lucas - da Columbia University (EUA) e um grupo de alunos (de formações diversas na área de mídia), que está visitando diferentes ONGs no Brasil e neste sábado ira visitar o Observatorio de Favelas do Rio de Janeiro. Será feita uma apresentação sobre o projeto Imagens do Povo e no segundo momento deste encontro o grupo de estudantes da universidade americana irá fazer uma palestra sobre Mídia e Direitos Humanos.

Data: 21/06/2008
Horário: 9 às 13hs

Local: Observatório de Favelas
Endereço: Rua Teixeira Ribeiro, 535 (Referência: Passarela 9 na Av. Brasil, sentido zona oeste)

12 de jun de 2008

Encontro com o fotógrafo Apoena Medeiros. Em visita ao Rio de Janeiro, o capixaba Apoena vai projetar trabalhos documentais de sua autoria desenvolvidos no Espírito Santo, além de mostrar temas registrados por seu pai, o fotógrafo e jornalista Rogério Medeiros, e imagens do acervo da Agência de Fotografia Vix.

Rógerio Medeiros: um dos grandes nomes da fotografia capixaba, passou pelas grandes redações do país, como o Jornal do Brasil e o Estado de São Paulo, atuou em outros estados e no exterior; por força do vínculo do trabalho com a imprensa nacional, o Espírito Santo foi o seu principal campo de documentação fotográfica, ao qual se dedica desde os anos 1960, buscando valorizar a diversidade do povo do estado.
Blog / Apoena: http://www.aquelequeenxergalonge.blogspot.com/
Data: 13/06/2008
Horário: 9 às 13hs
Local: Observatório de Favelas
Crédito: Apoena Medeiros

10 de jun de 2008

Exposição 'Uma rotina de vida: fotografias da UPA 24hs do Complexo da Maré'

Foto Rodrigues Moura

Documentação fotográfica realizada por três fotógrafos da Agência-Escola Imagens do Povo - Jaqueline Felix, Maicon Camargo e Rodrigues Moura - sobre rotina da Unidade de Pronto Atendimento 24 hs da Maré, ganha formato de exposição. A exposição 'Uma rotina de vida' será exibida no evento de aniversário de um ano da UPA da Maré, dia 12 de junho, depois seguirá em itinerância por outras Unidades de Pronto Atendimento do Rio de Janeiro.

Data: 12/06/2008
Horário: 9 às 16hs
Local: UPA Maré/RJ (Vila do João)

22 de mai de 2008

Imagens do Povo no I Vitória Foto

Fotos: Stefano Figalo

A capital do estado do Espírito Santo foi palco, durante todo o mês de maio, do I Vitória Foto, evento que reuniu o trabalho de grandes nomes da fotografia como Walter Firmo, Rogério Medeiros entre outros. O Imagens do Povo, projeto do Observatório de Favelas do Rio de Janeiro, participou do evento com uma exposição coletiva - "A Favela vê a Favela" - e uma oficina de fotografia - "Um olhar voltado para a favela" - que ocorreu de 14 a 17 de maio, no Centro Cultural Caieiras. A oficina foi ministrada pelos fotógrafos Ratão Diniz e Fábio Caffé.

Quarta-feira, 16 de maio 2008, último dia da oficina de fotógrafia na comunidade da Ilha das Caieiras. Aula de edição com Ratão Diniz na Escola de Ensino Fundamental Francisco Lacerda Aguiar (FLA).


Repórter do programa Em Movimento exibido na TV Gazeta e GTV canal 14 daNET, em entrevista com Ratão Diniz e alunos no FLA.

Após aula de edição no FLA, ocorreu uma nova saída fotógraficana comunidade com os alunos da oficina.

7 de mai de 2008

Cliques de fotógrafos da Agência Imagens do Povo ...

Fotógrafos participantes da Agência Imagens do Povo mostram um pouco de seus trabalhos aqui no Blog.

Ratão Diniz vem fazendo um ensaio fotográfico sobre grafite há alguns meses com objetivo de propagar o trabalho incrível destes artistas de rua.

Baixada Fluminense - RJ

Nova Holanda, Maré - RJ

Porto Alegre - RS © Ratão Diniz


Fala Ratão: É uma cultura exposta nos muros, em lugares por onde passamos e muitas vezes nem nos tocamos que estes trabalhos tem uma grande importância na transformação das paisagens do nosso dia a dia, colorindo os espaços de uma forma poética, crítica, bela ...


Grafite, por Ratão Diniz - Veja galeria de fotos

11 de abr de 2008

Formatura da turma 2007 da Escola de Fotógrafos Populares


A Escola de Fotógrafos Populares formou mais uma turma!
A cerimônia de formatura da turma de 2007 ocorreu no dia 11 de abril no Observatório de Favelas (Maré - RJ). Na ocasião foram entregues os diplomas do curso de Extensão expedidos pela Universidade Federal Fluminense e projetados os trabalhos de documentação fotográfica realizados pelos alunos durante o curso. Vinculada ao projeto Imagens do Povo, a Escola foi fundada em 2004 com apoio de FURNAS; em 2006 foi patrocinada pelo UNICEF e em 2007 pela UNESCO. O projeto conta, ainda, com a estrutura da Agência Fotográfica Imagens do Povo, que dá suporte aos fotógrafos da Escola, através do gerenciamento de serviços, realização de exposições e da manutenção de um banco de imagens sobre o cotidiano de espaços populares e temáticas sociais.

Exposição 'Casinha Daros' reúne fotos da Oficina Pinhole

Fotografias artesanais de 40 crianças e jovens da Maré foram expostas na mostra Casinha Daros, dia 10 de abril, com apoio da Daros Latinamerica, instituição suíça voltada para a arte Latino americana. A convite da Casa Daros, futuro centro socio-cultural e sede da Daros no Rio, os alunos da Oficina Pinhole ('buraco da agulha') do Imagens do Povo (coordenada por Bira Carvalho e Mauro Fainguelernt) realizaram aulas práticas no antigo casarão do século XIX, em Botafogo, que abrigará o centro cultural da Daros, onde captaram imagens com câmeras artesanais criadas por eles. O resultado pôde ser visto pelos autores, parentes, amigos e professores na exposição que reuniu beleza, arte e criação lúdica em cada uma das imagens registradas.







Fotos Fabio Caffé

13 de mar de 2008

Escola de Fotógrafos Populares recebe prêmio Faz Diferença


A cerimônia de entrega do prêmio Faz Diferença 2007, realizada no dia 11 de março no Golden Room do Copacabana Palace (RJ), foi marcante para os fotógrafos formados pela Escola de Fotógrafos Populares. Premiada na categoria ‘Revista’, a turma que concluiu a Escola em 2006 foi homenageada pelo jornal O Globo junto a nomes que foram destaque em 2007 em suas áreas de atuação.


Eleito Personalidade do ano, o fotógrafo Sebastião Salgado, ganhou o prêmio principal, pelo conjunto de sua obra fotográfica e pelo trabalho ambiental que vem desenvolvendo com a mulher, Lélia, através do Instituto Terra, resultando no plantio de mais de um milhão de árvores em Minas Gerais. Como representantes da Escola, os fotógrafos Adriano Ferreira e Bira Carvalho receberam o prêmio das mãos do editor de fotografia Alexandre Sassaki e da editora da Revista do jornal, Isabel de Luca. Em março do ano passado, sete fotógrafos (hoje integrados à rede de fotógrafos da Agência Imagens do Povo) que cursaram a Escola reconhecida pela Universidade Federal Fluminense produziram um grande ensaio fotográfico sobre diversão em favelas do Rio que ganhou matéria de capa na Revista.


Homenagem aos moradores de favelas

No palco do Copacabana, Adriano agradeceu aos parceiros da Escola de Fotógrafos, UNICEF e UNESCO e ao Observatório de Favelas, instituição que realiza o projeto Imagens do Povo, onde a Escola se insere. Já Bira, dedicou o prêmio às pessoas que desde o início do projeto "abrem as portas" para serem fotografadas pelos integrantes do Imagens do Povo, estabelecendo uma relação mútua de confiança. Essas pessoas são, em sua maioria, moradores de favelas e do interior do Brasil que, segundo ele, são quem realmente faz a diferença no país. "Eu só tenho o prazer de registrá-los", resumiu.

Ao todo, 17 fotógrafos da Escola compareceram ao evento e tiveram oportunidade de reencontrar/conhecer outros fotógrafos como Evandro Teixeira e o próprio Sebastião Salgado, convidado a conhecer a Escola vinculada ao projeto Imagens do Povo, do Observatório de Favelas. A conquista do prêmio foi comemorada ao lado de professores, coordenadores da Escola e equipe do Imagens do Povo (Ricardo Funari, Tatiana Altberg, Dhani Borges, Dante Gastaldoni, JR Ripper, Francisco Valdean e Kita Pedroza), além do coordenador geral do Observatório de Favelas, Jorge Barbosa, e da representante do UNICEF, Luciana Phebo.

Os demais premiados pelo jornal, eleitos por um júri composto por cinco votos (três jornalistas do Globo para cada categoria, vencedores do prêmio no ano anterior e votação popular na internet) foram: o relator especial de Direitos Humanos na ONU Paulo Sergio Pinheiro ('Mundo'), o ministro do STF Joaquim Barbosa ('País'), o cientista Carlos Nobre ('Ciência/História'), os atores Wagner Moura e Camila Pitanga (‘Revista da TV’), o ator Selton Mello (‘Segundo Caderno/Cinema’), o ator Edwin Luisi (‘Segundo Caderno/Teatro’), o jornalista Sergio Cabral e Rosa Maria Araújo (‘Segundo Caderno/Música’), o pedreiro Renato Moreira de Carvalho (‘Rio’), a EMBRAPA (‘Economia’), a consultora de moda Gloria Kalil (‘Ela’), Torcida do Flamengo (‘Esporte’), o atleta Daniel Dias (‘Megazine’), a editora Heloisa Buarque de Holanda (‘Prosa e Verso’) e a Vale do Rio Doce (‘Razão Social’).

Confiram alguns depoimentos sobre o Prêmio -

Bira Carvalho (fotógrafo):

O que me tocou foi que O Globo concedeu dois prêmios para fotógrafos voltados para o registro de temas humanistas.

Ratão Diniz (fotógrafo):

Foi um espaço de visibilidade para a Escola, importante para novas possibilidades e financiamento do projeto. Foi um momento de confraternização dos fotógrafos e de encontros com outros fotógrafos de renome no cenário brasileiro como Evandro Teixeira, Sebastião Salgado e o próprio Ripper, coordenador do Imagens do Povo. Foi divertido ver o pessoal todo arrumado, depois que passou um certo medo de ter
que vestir uma roupa tão formal.

Davi Marcos (fotógrafo):

Este prêmio é uma forma de mostrar que as possibilidades são iguais quando existem condições iguais. Foi importante ter entrado em um local onde normalmente pessoas oriundas de espaços populares desempenham um papel de ‘coadjuvantes’. Desta vez, tivemos não só o nosso trabalho apreciado e reconhecido, mas também homenageado.


Fotos - Ratão Diniz (Adriano Ferreira e Bira Carvalho recebem o prêmio) e Fabio Caffé (Sebastião Salgado com fotógrafos formados pela Escola)


Galeria de fotos - Escola de Fotógrafos / Faz Diferença

Galeria de fotos - Escola de Fotógrafos / Faz Diferença (Bastidores)

Veja a matéria A favela se diverte, publicada na Revista do jornal O Globo

Link para o Site do Prêmio Faz Diferença

7 de mar de 2008

Relato de como foi fotografar a visita do Lula no Complexo do Alemão. Ratão Diniz e Fabio Caffé

O Complexo do Alemão recebeu uma visita inédita no dia 7 de março com a inauguração do Programa de Aceleração e Crescimento. A presença do presidente Lula é um “marco histórico” para os 12 morros da zona norte do Rio de Janeiro. Mas para nós, Ratão Diniz e Fábio Caffé, fotógrafos da Agência Imagens do Povo, o foco estava no momento vivido pelos moradores das comunidades.


Na noite anterior, após uma longa reunião dos integrantes da Agência, que acabou num boteco, surgiu a idéia de fotografar o evento no Complexo do Alemão. Combinamos de nos encontrarmos na manhã seguinte às 7:30h, no Complexo da Maré. Nossa intenção era chegar antes do início do evento, marcado para as 9h. Caffé chegou 30 min depois. Em seguida, corremos até o ponto de ônibus, preocupados em perder as imagens que pensávamos em fazer.


Queríamos registrar o público chegando, a sua expectativa, as faixas. No ponto pegamos uma Kombi com destino à estação de Bonsucesso. De lá tentamos pegar um transporte até o Complexo do Alemão, mas não conseguimos devido ao trânsito caótico causado pelo fechamento de algumas ruas da região. Bem, pensamos: vamos a pé... Tudo isso debaixo de um sol arretado.


Ficamos perdidos em meio a tantas ruas fechadas, sem nenhuma orientação de como chegar ao local. Foram três tentativas frustrantes, pois estávamos sem credenciais, já que tudo foi decidido em cima da hora. Pegamos um caminho alternativo por um dos morros do Complexo, achando que assim teríamos acesso ao evento. Não conseguimos. Percebemos que as pessoas estavam chegando por esse caminho. Decidimos então começar o registro.


Encontramos amigos do Grupo Sócio-Cultural Raízes em Movimento, que se mostraram solidários à nossa situação. Fomos à laje da casa de um deles e conseguimos um ângulo diferente da multidão. Dali, naturalmente, nos dividimos em temáticas.


Eu (Ratão) busquei imagens de situações vividas pelos moradores. Não só daquele “momento histórico”, mas da realidade enfrentada pela comunidade: a repressão da Força Nacional. Fui até o Morro da Grota para mostrar como a Força Nacional está no dia-a-dia da população. Mesmo com essa presença, todos tentam levar uma vida normal.


Enquanto isso, eu (Caffé) comecei a fazer o registro das crianças, da alegria delas. Mesmo assim não desisti da idéia de entrar no evento. Para conseguir contei com a ajuda do companheiro e fotógrafo Maycom, que tinha livre acesso até a área de imprensa. Deixei minha câmera com ele e entrei como morador. Mais a frente peguei de volta. Cheguei no ponto de concentração das pessoas e comecei a registrar cenas de afeto entre pais e filhos. Nesse mesmo ponto já dava para fazer umas imagens gerais das autoridades presentes. Apesar de estar distante do palco eu compartilhava da visão dos moradores, como se fosse um deles. Ainda contando com a sorte e a solidariedade, consegui chegar mais perto do palco. Encontrei um fotógrafo que me emprestou sua teleobjetiva de 300mm, o que me permitiu fazer imagens de detalhes e expressões do Lula e das outras autoridades, o que até então nem cogitava.


Terminado o evento, quando a comitiva já tinha ido embora, a população voltava para sua rotina, finalmente nos encontramos, agora perto do palco. No trajeto de volta ao Complexo da Maré viemos conversando sobre o que vivenciamos. Ao analisarmos as imagens capturadas, era notável que a população estava disposta a ouvir e questionar a fala das autoridades presentes. Ao contrário do que alguns afirmam, isso mostra que o povo não está alienado e tem consciência política, lutando pelo seu direito a melhores condições de vida.


Por onde os fotógrafos do Imagens do Povo estiveram

Ratão Diniz, Fabio Caffé, Sadraque Santos e Maycom (Alemão) Davi Marcos e Diana Araújo (Manguinhos) Water Mesquita (Rocinha).


Texto: Dilly Justino


Fotos: Ratão Diniz, Fabio Caffé e Davi Marcos


Edição: Francisco Valdean


Ruas do Complexo do Alemão momentos antes da chegada do Lula por Ratão Diniz

Lula em Manguinhos / Davi Marcos

Complexo do Alemão / Fabio Caffé

Maiores detalhes sobre essa cobertura no site do Observatório de Favelas

www.observatoriodefavelas.org.br

18 de fev de 2008

Imagens do Povo inaugura exposição no Palácio do Planalto



Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More